sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Força imaginaria



"Amor","Amor" , todos sempre dizem o seu nome , mas realmente a palavra amor perdeu o significado . As pessoas não nos empoe o direito de amar , nem mesmo você se da o direito de amar. Palavras são ditas sem sentido , sem razão , são apenas palavras.
O "amor" morreu , ou talvez nunca existiu. Hoje dita como bom dia por exemplo. As coisas mudam , palavras que antes eram só palavras tornaram-se a realidade de muitos , ganancia , soberba , ódio , ira , todas essas palavras que dizem demonstrar algum sentimento mesmo não sendo tão puro, mas girando em torno de uma só palavra "amor" que na verdade nem é um sentimento , mas sim uma força imaginaria que os ingénuos crêem em realmente existir ou sentir.
São questões pendentes que as pessoas estão acomodadas a não pensar , apenas falar.
A vida está perdendo o significado , esta tudo acabando lentamente que os ingénuos não percebem a grande perda.
O "amor" foi afogado na magoa e no rancor , e alguns percebendo isso continuam fazendo o jogo de sorrir , quando o que realmente se quer é derramar-se em lágrimas .

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Revelação de um robo


Quem sou ? Isso só eu sei , mas é mais fácil dizer quem não sou, não sou o que a sociedade quer que eu seja , não sou mais uma entre um milhão , mas me sinto sozinha perto da multidão.
Sou um robô inútil controlado por você , controlado pelo seu ego, me sinto como um boneco manipulado por você , manipulado pelo seu orgulho.Mas um robô não tem coração , Der repente uma lágrima é despejada pela sua simples face de lata, mas ele continua sem sentir amor , apenas ódio pelas palavras ouvidas.
Pense no que você diz , seu ego é tão grande que não deixa espaço para você perceber que um simples e incompetente robô tem sentimentos ? Mas esse robô não conseguiu mais e resolveu largar o futuro que você planejou. Ele secou suas lágrimas e teve seu coração novamente e é capaz de amar , capaz de ser o que ele quer ser não o que você quer que ele seja .

PS : Isso seria uma parte incompleta da minha vida

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Mentiras ou verdades omitidas


Não importa o quanto eu tente , não obtenho respostas , mas Derrepente tudo se desaba. Porque tudo é tão difícil de acreditar ?

É o jogo acabou , ficou tão intenso que nos esmagava sempre que ouvíamos.

É difícil reconquistar as coisas em um dia , mas é fácil perde La em cerca de segundos.

Talvez eu não sobreviva , nem você , talvez tudo se desabe , as se tentarmos o impossível, o que pode acontecer nesse mundo que sequer conseguimos distinguir o que é . Esse “mundo” é a perfeita mentira , mas se Derrepente não houver gelo no inverno , se as planícies da Terra acabarem , e se tudo acabar ?

Pensando na vida ela não poderia mudar. Acalme-se isso é apenas um jogo , onde você chega a acreditar pois tudo passa diante dos seus olhos . As vezes você quer sair desse mundo cheio de mesmices , o seu dia a dia não muda. Você alguma vez percebeu que todos estão olhando para você ? Seu mundo da voltas . Vejo seus lábios se moverem, mas não escuto som ou simplesmente não entendo o que você fala .

Sabe o que é não querer mais acordar ? É só um pesadelo que se tornou realidade , nem nesse ponto de vista é bom não é ? Mas você sentiu seu coração partido , sua alma sendo levada , enquanto eu viver , enquanto eu respirar , sempre que você precisar de mim eu estarei aqui , sinto sua dor eu sei você vera a luz . Não agüento mais você só da valor a algo quando perde então não espere .