quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Revelação de um robo


Quem sou ? Isso só eu sei , mas é mais fácil dizer quem não sou, não sou o que a sociedade quer que eu seja , não sou mais uma entre um milhão , mas me sinto sozinha perto da multidão.
Sou um robô inútil controlado por você , controlado pelo seu ego, me sinto como um boneco manipulado por você , manipulado pelo seu orgulho.Mas um robô não tem coração , Der repente uma lágrima é despejada pela sua simples face de lata, mas ele continua sem sentir amor , apenas ódio pelas palavras ouvidas.
Pense no que você diz , seu ego é tão grande que não deixa espaço para você perceber que um simples e incompetente robô tem sentimentos ? Mas esse robô não conseguiu mais e resolveu largar o futuro que você planejou. Ele secou suas lágrimas e teve seu coração novamente e é capaz de amar , capaz de ser o que ele quer ser não o que você quer que ele seja .

PS : Isso seria uma parte incompleta da minha vida

2 comentários:

  1. Suas palavras são de incrivel sentimentalismo. Parabéns :* Seu blog é ótimo e seu cabelo é lindo... *-*

    ResponderExcluir
  2. Oi, Raissa. Obrigada por seguir meu blog.

    Agradecida. Beijos.

    ResponderExcluir